14/07/16

Como fazer shampoos econômicos

Shampoos econômicos ou de baixo custo geralmente utilizam tensoativos aniônicos (espumantes para shampoos) de alta produção de espuma e que possuem um custo relativamente baixo.

Proporcionam shampoos com bastante formação de espuma e podem ser facilmente espessados (acerto de viscosidade) com Cloreto de sódio.

A adição de conservantes, corantes e perfumes (essências) irá completar este shampoo econômico que tem alta viscosidade e espuma abundante.

A adição de Cocoamidopropil betaína melhora a suavidade do shampoo, cremosidade da espuma, e ajuda a construir a viscosidade do sistema, além de proporcionar um pouco de condicionamento nos cabelos, facilitando a penteabilidade dos fios.

A Amida de coco (Dietanolamida de ácido graxo de coco) age como um impulsionador de espuma, estabilizador da espuma e promove aumento de  viscosidade.
A adição de sal e de ácido cítrico fornece aumento de viscosidade e neutralização (acerto) do pH do shampoo.

A adição de Corantes tem por finalidade beneficiar o apelo estético do shampoo, um shampoo colorido fica com uma aparência mais sofisticada.
Outro componente que beneficia o apelo estético e comercial do shampoo é a adição de agentes perolizantes (bases perolizantes/base perolada), um shampoo perolado fica esteticamente sofisticado.
Shampoos perolados podem ficar sem a adição de Corantes, seu aspecto vai ficar tipo “branco leitoso” com brilho pérola (perolado).

Shampoos perolados devem ficar bem espessos (viscosidade alta), pois pode ocorrer precipitação do agente perolizante para o fundo do frasco em shampoos perolados com viscosidades abaixo de 3.000 cps à 20°C.

Existe agentes perolizantes sólidos indicados para shampoos feitos com aquecimento do sistema, os mais utilizados são os perolizantes líquidos, pois podem ser incorporados no shampoo sem a necessidade de aquecimento, facilitando o processo de produção.
Os perolizantes também “mascaram” substancias que alteram a cor e a aparência do shampoo (exemplo: Extratos glicólicos e agentes anticaspa).

As fórmulas de shampoos descritas abaixo também podem ser aperfeiçoadas, com adição de extratos glicólicos de plantas, segundo a aplicação recomendada do shampoo (cabelos oleosos, cabelos secos, cabelos normais). Existem extratos indicados para cada tipo de cabelo.

Para melhorar a penteabilidade dos cabelos, podemos adicionar Poliquaternium-7  (condiciona os cabelos, antiestático, desembaraçante), Lanolina etoxilada 50% (agente condicionador e hidratante entre 1 a 2%) principalmente para shampoos para cabelos secos.

Outros princípios ativos que podem ser adicionados são o Hidrolisado de Queratina entre 0,1 a 2% (Aumenta a substantividade e o brilho do fio do cabelo, proporciona um pentear mais fácil, diminui a quebra do fio de cabelo, deixando-os mais fortes, macios e sedosos), Colágeno Hidrolizado(Hidrogel, entre 0,5 a 3%), D-Pantenol (provitamina B5, ação anti-seborreica para o folículo piloso/umectante e estimulante do metabolismo epitelial).

A Glicerina também pode ser utilizada no shampoo, pois é umectante e emoliente e ajuda a hidratar os cabelos, sendo uma matéria-prima fácil  de comprar e de preço acessível.
Por serem fórmulas de shampoos econômicos, as formulações abaixo podem ser uma alternativa para quem deseja produzir shampoos para embalagens grandes (galões).
Dica: sempre testar o produto, fazer pequenas quantidades e verificar o resultado nos cabelos.

Fórmulas sugestivas para fabricar 10 kg de shampoos econômicos

Fórmula para fazer shampoo para cabelos oleosos:
Lauril éter sulfato de sódio 2300 g Tensoativo/espumante
Amida 90 200 g Sobreengordurante/espessante
Cocoamidopropil betaina 180 g Tensoativo suave
Koralone LA 10 g Conservante
Cloreto de sódio 180 g Espessante/
acerto de viscosidade
Ácido Cítrico 3 g Corretor de pH
Essência 30 g Perfume
Corante qs Apelo estético/colorir
Água deionizada 7097 g Veiculo
Modo de fazer o shampoo para cabelos oleosos:
Em um balde de plástico adicione a Água deionizada.
Sob agitação lenta e constante adicione o Lauril éter sulfato de sódio, Amida 90, Cocoamidopropil betaina e homogeneizar.
Verificar o pH que deve ficar entre 6,0 a 7,0, se for necessário, fazer a correção do pH adicionando o Ácido Cítrico diluído em um pouco de Água deionizada. A quantidade de Ácido Cítrico pode variar para mais ou para menos, portanto ir adicionando aos poucos até chegar na faixa de pH indicada para o shampoo.
Sob agitação adicionar o Koralone LA, Essência, Corante diluído em Água deionizada até chegar na tonalidade de cor desejada para o shampoo.
Por fim, solubilizar o Cloreto de sódio em um pouco de Água deionizada e ir adicionando até o shampoo ficar grosso/espesso. A quantidade de Cloreto de sódio também pode variar para mais ou para menos, dependendo do fabricante dos tensoativos.
Misturar bem para homogeneização do shampoo, deixar em repouso até não haver mais bolhas de espuma e depois embalar o shampoo para cabelos oleosos nos frascos plásticos.
Dica: Extrato glicólico de Hamamelis para cabelos oleosos, entre 100 a 200 g.

Cabelos normais
Fórmula para fazer shampoo para cabelos normais:
Lauril éter sulfato de sódio 2200 g Tensoativo/espumante
Amida 90 280 g Sobreengordurante/espessante
Cocoamidopropil betaina 280 g Tensoativo suave
Koralone LA 10 g Conservante
Cloreto de sódio 90 g Espessante/
acerto de viscosidade
Ácido Cítrico 3 g Corretor de pH
Essência 30 g Perfume
Corante qs Apelo estético/colorir
Água deionizada 7107 g Veiculo
Modo de fazer o shampoo para cabelos normais:
Em um balde de plástico adicione a Água deionizada.
Sob agitação lenta e constante adicione o Lauril éter sulfato de sódio, Amida 90, Cocoamidopropil betaina e homogeneizar.
Verificar o pH que deve ficar entre 6,0 a 7,0, se for necessário, fazer a correção do pH adicionando o Ácido Cítrico diluído em um pouco de Água deionizada. A quantidade de Ácido Cítrico pode variar para mais ou para menos, portanto ir adicionando aos poucos até chegar na faixa de pH indicada para o shampoo.
Sob agitação adicionar o Koralone LA, Essência, Corante diluído em Água deionizada até chegar na tonalidade de cor desejada para o shampoo.
Por fim, solubilizar o Cloreto de sódio em um pouco de Água deionizada e ir adicionando até o shampoo ficar grosso/espesso. A quantidade de Cloreto de sódio também pode variar para mais ou para menos, dependendo do fabricante dos tensoativos.
Misturar bem para homogeneização do shampoo, deixar em repouso até não haver mais bolhas de espuma e depois embalar o shampoo para cabelos normais nos frascos plásticos.
Dica: Extrato glicólico de Algas marinhas para cabelos normais, entre 100 a 200 g.

Cabelos secos
Fórmula para fazer shampoo para cabelos secos:
Lauril éter sulfato de sódio 2000 g Tensoativo/espumante
Amida 90 300 g Sobreengordurante/espessante
Cocoamidopropil betaina 250 g Tensoativo suave
Koralone LA 10 g Conservante
Cloreto de sódio 80 g Espessante/
acerto de viscosidade
Ácido Cítrico 3 g Corretor de pH
Essência 30 g Perfume
Corante qs Apelo estético/colorir
Água deionizada 7327 g Veiculo
Modo de fazer o shampoo para cabelos secos:
Em um balde de plástico adicione a Água deionizada.
Sob agitação lenta e constante adicione o Lauril éter sulfato de sódio, Amida 90, Cocoamidopropil betaina e homogeneizar.
Verificar o pH que deve ficar entre 6,0 a 7,0, se for necessário, fazer a correção do pH adicionando o Ácido Cítrico diluído em um pouco de Água deionizada. A quantidade de Ácido Cítrico pode variar para mais ou para menos, portanto ir adicionando aos poucos até chegar na faixa de pH indicada para o shampoo.
Sob agitação adicionar o Koralone LA, Essência, Corante diluído em Água deionizada até chegar na tonalidade de cor desejada para o shampoo.
Por fim, solubilizar o Cloreto de sódio em um pouco de Água deionizada e ir adicionando até o shampoo ficar grosso/espesso. A quantidade de Cloreto de sódio também pode variar para mais ou para menos, dependendo do fabricante dos tensoativos.
Misturar bem para homogeneização do shampoo, deixar em repouso até não haver mais bolhas de espuma e depois embalar o shampoo para cabelos secos nos frascos plásticos.
Dica: Lanolina etoxilada a 50% para cabelos secos, entre 100 a 200 g.

Em todas as 3 fórmulas acima pode-se adicionar o Poliquaternium-7 (50 gramas para cada 10 kg de shampoo) para dar maior condicionamento nos cabelos, deixar os cabelos macios e fáceis de pentear.
O Poliquaternium-7, assim como os extratos glicólicos podem ser misturados no shampoo antes de fazer o espessamento com o Cloreto de sódio.

Não se esqueça que o cheiro do shampoo também é muito importante na hora da venda, portanto escolha as melhores essências, com fragrância agradável.

Todos os produtos químicos para as fórmulas citadas acima você encontra na loja Casa do saboeiro, exceto a Água deionizada e o Cloreto de sódio.

5 comentários:

  1. Boa noite José Mario,só uma pergunta,o shampoo econômico seria o mesmo do shampoo de galão que os profissionais de beleza usam no lavatório, aquele baratinho praticamente para jogar fora,caso não for, existe um mais barato que esse,caso tenha, teria como mandar uma formula,grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Genildo
      Sim, os shampoos econômicos saem mais em conta e podem ser utilizados para a venda em galões.
      No entanto, shampoos somente com a base detergente podem deixar os cabelos difíceis de pentear.
      Para que isso não ocorra sugiro adicionar um agente de condicionamento para retirar a carga estática dos cabelos, um desses agentes é o Poliquaternium 7.

      Excluir
    2. boa noite,josé mario,obrigado pela informação,até mais.

      Excluir
  2. Boa noite José Marcos o shampoo hidratante é feito com essa mesma base? ou tem outra? se tiver por favor me mande a formula!
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui no site tem fórmula de shampoo hidratante:
      Como fazer shampoo hidratante para cabelos

      Para que um shampoo seja hidratante dos cabelos devemos adicionar componentes hidratantes na fórmula, como propilenoglicol, glicerina, lanolina etoxilada, etc.

      Também existem outras especialidades químicas produzidas especialmente para hidratar os cabelos.

      Excluir

Deixe o seu comentário!
Pessoal, os comentários serão respondidos de acordo com o meu tempo disponível. Pode ser que demore um pouco para deixar uma resposta.
Evite spam na sua caixa de mensagens, procure não colocar e-mail nos comentários.
Se este blog te foi útil, divulgue nas redes sociais!

Produtos Químicos, Essências, Bases para Perfumes