Como fazer cosméticos perolados ( shampoos, sabonetes, etc.)

Como fazer produtos cosméticos com brilho perola (shampoos, banhos de espuma e sabonetes líquidos com brilho perolado)


Quando um empreendedor inicia a fabricação de cosméticos sempre vem uma duvida a respeito dos produtos. Qual seria o aspecto dos shampoos e sabonetes fabricados, transparentes ou com brilho perola? Os xampus transparentes podem ser uma opção quando se quer destacar a cor do produto, um produto de cor transparente com uma boa coloração pode chamar a atenção do consumidor.

Porem cosméticos com brilho perola também tem o seu diferencial, ficam elegantes e com aspecto sofisticado quando despejado nas mãos. E caso haja em sua formula princípios ativos que interferem na cor e aparência do cosmético, a adição de uma base perolada pode ser a melhor opção, pois a base perolizante ira mascarar os princípios ativos que interferem na cor final do cosmético produzido.
shampoos e sabonetes perolados

Porem, a fabricação de cosméticos como shampoos, banhos de espuma e sabonetes líquidos necessitam de acertos quanto a sua viscosidade final, estas preparações cosméticas com brilho perola necessitam de viscosidades adequadas, pois se ficarem muito líquidos, as partículas da base perolizante podem se precipitar para o fundo do frasco.

Para resolver esse problema, a viscosidade final de shampoos, banhos de espuma e sabonetes líquidos deve ficar acima de 2.000 cps no minimo. O acerto da viscosidade pode então ser feito com Cloreto de sódio ou outro espessante conforme a formula utilizada na fabricação.


Para que serve a base perolada ou agente perolizante doador de brilho perola?



Em formulas cosméticas e farmacêuticas é utilizado para dar o aspecto visual opaco, branco opacificado e brilho perolado (brilho perola), deixando com visual sofisticado. Também serve para mascarar princípios ativos que ficariam visíveis ou que influenciariam na cor adequada para o produto.

Entre os agentes opacificantes e doadores de brilho perola temos:

  • Cutina AGS (INCI: Glycol Distearate): Agente perolizante/opacificante sólido para emulsões cosméticas. Compatível com tensoativos catiônicos. Utilizado no processo a quente. Escamas. Concentrações de uso entre 2,5 a 5%. Utilizado na fabricação de Shampoos, géis, cosméticos para banho e máscaras capilares.
  • Euperlan Bright (INCI: Glycol Distearate (and) Sodium Laureth Sulfate (and) Cocamidopropyl Betaine): Agente perolizante com alta concentração de ceras. Doa brilho perolado intenso e fundo branco às formulações. Utilizado a frio. Possui excelente custo-benefício. Líquido. Concentrações de uso entre 0,5 a 5%. Utilizado na fabricação de Shampoos, sabonetes líquidos, banhos de espuma e géis para banho.
  • Euperlan Green (INCI: Lauryl Glucoside (and) Stearyl Citrate): Concentrado de brilho pérola utilizado no processo a a frio. Indicado para preparações cosméticas perolizadas. Origem vegetal, Livre de EO e alquil sulfato. Indicado para formulações naturais e orgânicas. Líquido. Utilizado na preparação de Shampoos, sabonetes, géis e banho de espuma. Concentrações de uso entre 2 a 6%
  • Euperlan PK 771 BENZ (INCI: Sodium Laureth Sulfate (and) Glycol Distearate (and) Cocamide MEA (and) Laureth-10): Agente perolizante aniônico, doador de brilho pérola e metálico intenso. Processo a frio. Líquido. Utilizado em fórmulas de cosméticos como Shampoos, sabonetes, géis e banho de espuma. Concentrações de uso entre 1 a 5%
  • Euperlan PK 810 IS (INCI: Glycol Distearate(and) Sodium Laureth Sulfate (and) Cocamide MEA (and) Laureth-10): Agente perolizante aniônico, doador de brilho marmorizado. Utilizado no processo a frio. Líquido. Utilizado em formulas de cosméticos como Shampoos, sabonetes, géis e banho de espuma. Concentrações de uso entre 1 a 5%
  • Genapol PGM (INCI Name: Sodium Laureth Sulfate (and) Glycol Distearate (and) Cocamide MEA): Genapol PGM é um agente opacificante e perolado em preparações cosméticas de lavagem e limpeza. As preparações formuladas a partir deste componente apresentam um efeito muito brilhante de brilho perolado. O efeito óptico pode ser melhorado pela coloração com corantes adequados. Utilizado na fabricação de formulas de xampus, banhos de espuma, sabonetes liquidos e cremosos, gel para ducha, cremes de barbear e outras formulações cosméticas e farmacêuticas.
  • Cithrol EGDS (Diestearato de etilenoglicol): O Cithrol EGDS é sólido, 100% ativo, derivado de fontes vegetais. É usado como um agente de pérola e opacificante. É utilizado em formulas de cosméticos, como formulas cosméticas de banho e ducha, sabonetes líquidos, cremes e loções, proteção solar e xampus e condicionadores.
  • Cithrol EGMS (Monoestearato de etilenoglicol): O Cithrol EGMS é sólido, 100% ativo, derivado de fontes vegetais. É usado como um agente de pérola e opacificante. Este componente é utilizado em formulas de cosméticos, como formulas cosméticas de banho e ducha, sabonetes líquidos, cremes e loções, proteção solar e xampus e condicionadores.

Como fabricar fórmulas de produtos perolados( shampoos, sabonetes, etc.)


Agentes perolizantes e opacificantes, também conhecidos como bases perolizantes são muito utilizados na fabricação de formulas de uso cosmético, sendo os principais produtos, os shampoos e sabonetes líquidos perolizados.

A adição de bases perolizantes deixam os produtos com aspecto branco leitoso e dependendo do agente perolizante, um grande brilho perolado. Os perolizantes podem ser na forma liquida ou sólida. Na forma liquida são mais fáceis de utilizar, visto que não será necessário aquecer o sistema para a produção dos produtos.

viscosímetro para checar a viscosidade



Viscosímetro tipo Copo Ford





Formulações que contém tensoativos doadores de brilho perolado necessitam de alguns cuidados durante a preparação, pois se a viscosidade não estiver adequada, as partículas do tensoativo podem se depositar no fundo do frasco.

Existem 4 fatores que influenciam a estabilidade de um shampoo ou outras formulações com tensoativos doadores de brilho perola.

1) Diferença de densidade entre as partículas do agente perolizante e a água.
2) Tamanho de partículas do agente perolizante.
3) A viscosidade final da formulação com agentes perolizantes.
4) A intensidade da agitação na hora de preparar o produto, como alguns tensoativos doadores de brilho perolado(bases perolizantes) possuem alta viscosidade, se o produto ao ser manipulado não for bem agitado, pode ocorrer do agente perolizante não se homogeneizar adequadamente, ficando com grumos.

O uso de tensoativos doadores de brilho perolado nas formulações pode envolver vários objetivos, como: diferenciar o produto; mascarar a adição de princípios ativos dispersos no produto; melhorar o aspecto de shampoo condicionador com princípios ativos pseudo-catiônicos que geralmente podem deixa-lo turvado; perolizar ou opacificar um produto popular, agregando uma ideia de valor e sofisticação ao mesmo.

Para que um produto com agentes perolizantes possa manter sua estabilidade, é recomendado uma viscosidade mínima de 2.000 cps a 20°C. No entanto, pode se obter resultados mais satisfatórios entre 3.000 e 4.000 cps a 20°C.

O acerto da viscosidade pode ser feito com cloreto de sódio diluído em água, em preparações pequenas para uso próprio, pode se fazer o acerto da viscosidade adicionando o cloreto de sódio aos poucos , observando a viscosidade, deixando bem espesso(grosso).

Para quem vai produzir em escala comercial o correto é a aquisição de um viscosímetro, aparelho que mede a viscosidade de produtos líquidos. Uma grande parcela de cosméticos possuem os doadores de brilho perola em suas formulações, mas geralmente os shampoos e sabonetes são os principais.

Um shampoo com brilho perola (efeito perolado) possui um aspecto bem mais avançado se comparado a um shampoo transparente. O produto cosmético perolado é bem mais bonito no frasco e ao despejar na mão na hora de sua utilização.

Para comprar matéria-prima, essências e corantes para cosméticos e produtos de limpeza, visite o site abaixo:
Casa do saboeiro

Como manipular shampoos e sabonetes perolados (com brilho perolado)
Divulgue Nas Redes Sociais:

Um comentário:

  1. Anônimo19/9/10

    Olá, por favor vc pode me ajudar? Fiz sabonete líquido com base 1x4 perolada, mas p ficar mais com maior viscosidade, fiz a diluição 1x3. Adicionei o corante e a essencia. Na hora ficou muito bom, ficou bem espesso, mas após alguns dias começou a ficar ralo. Eu não coloquei o Anfotero (ou cloreto de sódio), será q é por isso? Tenho q colocar? Obrigada Karina

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!
Pessoal, os comentários serão respondidos de acordo com o meu tempo disponível. Pode ser que demore um pouco para deixar uma resposta.
Evite spam na sua caixa de mensagens, procure não colocar e-mail nos comentários.
Se este blog te foi útil, divulgue nas redes sociais!

Pesquisar Fórmulas Grátis

Loja Online de Produtos Químicos

Fórmulas Grátis e Artigos Populares

‎Newsletter - Fórmulas Grátis

Apostila Produtos de Limpeza

Apostila Perfumes Artesanais

Guia Pratico Cosméticos Capilares